domingo, 7 de julho de 2013

Ponto caseado passo-a-passo

 Depois de muitas tentativas (algumas frustadas, é verdade), acho que consegui fazer um caseado decente. Ainda não é uma perfeição, mas com bastante treino eu chego lá. Tentei fazer um PAP bem detalhadinho, quase um stop-motion, porque é muito difícil explicar o ponto com palavras. Ia ficar assim: enfia a agulha da direita para a esquerda, passa por baixo, volta por cima... Confusão total! Então, vamos ao passo-a-passo? Clica que aumenta!
 Se você for prender dois pedaços de tecido com o ponto caseado, não esqueça de colocar um alfinete para prendê-los, porque senão eles vão "andando", e acabam desalinhando.
 No primeiro ponto, a linha deve entrar na face oposta do feltro alinhada com o nó. Tente traçar um eixo imaginário entre os dois pedaços de tecido. Essa passada de agulha por dentro do primeiro ponto (figura 7) é só para ele não ficar tortinho. Tente fazer um sem passar a agulha por dentro e você vai entender o que estou falando.
 A cada pontinho, puxe com firmeza (e não com força!) a linha.
 A agulha volta passando dentro da laçada. Depois de alguns pontos a gente pega a lógica do negócio. 
 O bonito do caseado é deixar todos os pontos do mesmo tamanho e com a mesma distância entre eles.


 Para finalizar: insira a agulha praticamente no mesmo buraquinho do ponto anterior (figura 23), passe a agulha por dentro do laço (figura 25) e dê um nó (figura 27).
 u dei um nó duplo (nem sei se é assim, mas achei um nózinho só muito fraco). Depois é só esconder o que sobrou (figura 31).

Nenhum comentário:

Postar um comentário